terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Bruce Springsteen reafirma guerra a Trump e protesta contra ordens executivas assinadas pelo presidente

"The Daily Show With Jon Stewart" #JonVoyage 
Bruce Springsteen foi mais um de tantos artistas a protestar contra uma das recentes ordens executivas assinadas por Donald Trump, que proíbe a entrada nos Estados Unidos de cidadãos de origem muçulmana, oriundos de países como a Líbia, Iraque ou Irã.

O músico disse durante um concerto em Adelaide, na Austrália, que a ordem de Trump é “antidemocrática e fundamentalmente não-americana”. The Boss referiu-se aos Estados Unidos como “um país de imigrantes”, e disse querer “acrescentar a sua voz à de milhares de norte-americanos que estão protestando nos aeroportos de todo o país, a proibição de entrada a muçulmanos e a detenção de estrangeiros e refugiados”, antes de interpretar “American Land”.

Durante a campanha presidencial, o músico apoiou a principal adversária de Trump, Hillary Clinton. 
  


Fonte: Rock Line

VEJA TAMBÉM

Kreator lança clipes das faixas ‘Totalitarian Terror’ e ‘Fallen Brother’, que é tributo a ídolos mortos do rock

 Kreator - Foto: Divulgação/Robert Eikelpoth

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog