segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Livro defende que Lei Rouanet "não é frágil e nem defeituosa"

 

"A Lei Rouanet em si não é ruim", explica Henilton Menezes, jornalista que foi secretário de Fomento e Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura (MinC) entre os anos de 2010 e 2013 e acaba de lançar o livro "A Lei Rouanet - muito além dos (F)Atos".

A Lei Rouanet, que completa 25 anos no próximo dia 23 de dezembro e para explicar como funciona e para que serve o incentivo, o autor começou a escrever o livro há quatro anos e para realizar a pesquisa contou com um grupo de 10 pessoas. A equipe vasculhou documentos e coletou dados em Brasília e Fortaleza. O jornalista também entrevistou 80 pessoas, em todo o País. O resultado é um livro com 456 páginas.

Henilton Menezes defende que a Lei Rouanet desempenha importante papel na formulação da política cultural. Na sua opinião, merece ser reformada e atualizada, já que não reconhece a Internet como plataforma para a produção e difusão cultural. "Mas não é frágil e nem defeituosa".
Fonte: Território da Musica 

NATAL DE PRIMEIRA E COM MUITOS  DESCONTOS SÓ NA ANTRO!










RUA BARROSO 505 - CENTRO / NORTE
TERESINA PIAUÍ



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog