terça-feira, 3 de maio de 2016

Marky Ramone no Brasil: 40 anos de música punk


Marky Ramone, eterno baterista dos Ramones, está no Brasil e recebeu a imprensa para uma entrevista coletiva na manhã do dia 26 de abril.

O músico falou sobre seu próximo EP, sobre o livro que está saindo por aqui, lembrou Johnny e Joey Ramone e contou que está comemorando os 40 anos de música punk. E ainda revelou que irá gravar mais uma música com Dinho Ouro Preto. Estivemos lá e selecionamos alguns dos melhores momentos. Dá uma olhada.

O livro

"Minha vida como um Ramone" é uma autobiografia na qual Marky Ramone fala do sei dia a dia no Ramones, mas conta também sobre a cena punk rock norte-americana e traz passagens curiosas de sua vida.

"Todas as histórias são loucas. Cada capítulo tem uma loucura", disse o baterista sobre o livro. Quando entrou para o Ramones, por exemplo, teve que aprender a tocar 42 músicas em três semanas.


Covers para caridade

Marky Ramone gravou recentemente uma faixa com participação de Dinho Ouro Preto (do Capital Inicial) nos vocais, para um EP de versões. À imprensa, ele falou sobre o projeto: "Deixei as músicas mais puk rock, que é o que eu faço há 40 anos. Dei uma temperada usando cantores de diferentes países". Um argentino estará em uma versão dos Beatles e o EP também contará com "I want You", do Bob Dylan, numa versão punk rock.

O músico tentou cantá-las, mas que ele disse que só canta no banheiro, o que fez os repórteres rirem. O músico ainda enfatizou que o EP é parte de um projeto maior, e a renda arrecadada será doada para caridade, para entidades que trabalham com pacientes com esclerose múltipla.

O baterista não sabe se o EP terá uma versão física ou apenas digital, mas disse que não irá atrás de uma gravadora, até porque não acredita que os jovens hoje se interessem por cópias físicas. Se receber alguma oferta interessante de uma gravadora, irá considerar.

Sobre gravar com Dinho, o Ramone não só gostou como vai gravar mais uma música com o brasileiro: será uma versão para "Everybody Loves Somebody Sometime", do Dean Martin, de 1965. Ele achou a voz do cantor única e acredita que ela se encaixará perfeitamente nessa música.



Johnny e Joey Ramone

"Seria ótimo poder falar com eles de novo, eles morreram muito jovens para poder aproveitar os frutos de seu trabalho", disse Marky Ramone sobre os ex-companheiros de banda. Marky acha que se ambos estivessem vivos, o Ramones provavelmente teriam se reunido em algum momento.


40 anos de música punk

"Todas as minhas influências estão mortas", diz o músico citando, entre outros, o baterista Keith Moon (The Who). Os 40 anos de carreira, serão comemorados com uma turnê.

A data não se refere ao primeiro disco do Ramones, uma vez que Marky não estava na banda desde o começo (entrou no terceiro disco da banda). Esses 40 anos são contados desde o lançamento da faixa "Blank Generation", com o Richard Hell and the Voidoids.

A turnê irá rodar o mundo, passando pela Rússia, China e Índia, além da América do Sul, do Norte e Europa. Os shows contarão com um repertório de 40 músicas.


 


Marky Ramone, eterno baterista dos Ramones, fala à imprensa sobre seu novo EP, a gravação com Dinho 
Ouro Preto e outros assuntos.
Foto: Carol Mendonça
Multimídia
 
 


Fonte: Território da Musica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog