segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Roger diz que foi tratado como lixo pela equipe dos Stones

 Imagem
Logo após o show dos Rolling Stones neste sábado (20), no Rio de Janeiro, o líder do Ultraje a Rigor, Roger Moreira, reclamou através de seu perfil no Twitter que teria sido "tratado como lixo" pelo gerente e pela equipe de produção dos Stones.

"O gerente de palco dos Rolling Stones me deram [sic] 10 minutos para sair do Maracanã. Fomos tratados como lixo o tempo todo. Nunca mais", tuitou Roger, que completou: "Rolling Stones são foda, mas equipe importada, estou fora. Nós somos lixo para eles".

Após expor o incidente nas redes sociais, o vocalista recebeu um pedido de desculpas e comentou: "Fico feliz em dizer que o Crew Manager dos Stones veio pedir desculpas. Não se trata de humilhar ninguém, trata-se de não aceitar humilhação", afirmou.

Tudo aconteceu quando  Roger Moreira, o vocalista e líder do Ultraje a Rigor, bateu boca com parte do público no show de abertura dos Rolling Stones no Rio de Janeiro.

A apresentação do Ultraje, que teve seu início atrasado por conta da forte chuva que caiu neste sábado (20) no Rio de Janeiro, começou com o clássico "Inútil". Ao fim da primeira música, Roger foi vaiado e chamado de "coxinha" por parte do público da área VIP, e reagiu.

"Vocês vão cair. Coxinha é a mãe de vocês", disse Roger, mostrando o dedo médio para o público e tomando seus críticos como apoiadores do governo Dilma e do PT, de quem o vocalista do Ultraje é um notório opositor.

"Essa música vai pra essa galera aí", avisou o vocalista antes de tocar a música "Filha da Puta", mais um clássico da banda. Ao fim da canção, Roger ainda gritou: "ladrão, corrupto, safado".

Após o show, o vocalista minimizou o episódio por meio do seu perfil no Twitter, explicando que foi algo isolado. "Não foi a plateia, foi um babaca que estava me xingando. Eu não levo desaforo pra casa."





Informações: Whiplash.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog