terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Motörhead: divulgados mais detalhes sobre a morte de Lemmy

 

Segundo seu empresário Todd Singerman, Lemmy fora oficialmente diagnosticado com câncer em estágio terminal no cérebro e no pescoço no dia 26 de dezembro, menos de 48 horas antes de sua morte.

Apesar de o aniversário de Lemmy ser no dia 24 de dezembro, o músico pôde desfrutar de uma festa na lendária casa noturna angelena Whisky a Go Go no dia 13 passado. Dois dias depois, Lemmy pediu para ser levado até um hospital, já que não se sentia bem. Ele teve alta após nenhum problema ser constatado de pronto, mas o corpo clínico optou por conduzir maiores exames nele, já que sua fala estava ficando confusa.


A princípio, os médicos acharam que ele tivesse sofrido um acidente vascular de menor gravidade, mas uma ressonância magnética em seu cérebro detectou "um câncer extremamente agressivo" em seu cérebro e pescoço. "O médico veio com o resultado alguns dias depois e disse… é terminal", disse Singerman ao canal Sky News.

"Ninguém fazia ideia", acrescentou Singerman. "Ficamos sabendo no sábado, dois dias atrás , que ele tinha câncer e que o médico disse a ele que ele teria de dois a seis meses de vida. E ele vai e morre hoje enquanto eu telefonava para seus colegas de banda Phil e Mikkey dizendo a eles para virem para que eles se despedissem enquanto ele ainda estava em bom ânimo e tudo mais. Ele estava se sentindo muito mal, mas não se esperava que ele morresse. Esse câncer foi a última coisa que achávamos que ele jamais teria. Quando você pensa a respeito, ele tinha passado por tudo quanto é médico e hospital ao redor do mundo e ninguém percebeu isso… foi um choque imenso."



Fonte: Whiplash

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog