segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Batanga: seis roqueiros que fizeram do rock nacional uma decepção

 
Matéria de Tiago Ferreira, publicada no Batanga, elege "os seis roqueiros que fizeram do rock nacional uma decepção", conforme ele explica na introdução: "O rock nacional já nos pregou muitas peças. Alguns roqueiros se propagam como 'revolucionários', quando não passam de charlatões de meia-idade com pensamentos retrógrados e revolta de boutique". Confira o texto completo no link abaixo e a seguir alguns trechos com os "eleitos".


Roger Moreira (Ultraje a Rigor)
"Ele já chegou a dizer que 'jovem é de esquerda porque o pai sustent' e disse que sua família 'não fazia merda durante a Ditadura'".
Imagem

Lobão
"Denota uma postura reacionária contra todas e quaisquer manifestações de esquerda."
Imagem

Dinho Ouro Preto (Capital Inicial)
"O líder cinquentão da banda Capital Inicial não se cansa de seu discurso vazio e genérico sobre os políticos de Brasília."
Imagem

Rogério Flausino (J.Quest)
"Se o que Rogério Flausino faz com o Jota Quest é rock’n roll, pode decretar o fim deliberado do gênero".
Imagem

Tico Santa Cruz (Detonautas)
"Costuma publicar nas redes sociais sua postura sobre política e sociedade, e ainda que não sejam tão claras, suas 'revoltas' incomodam pelo contexto duvidoso em que estão inseridos".
Imagem

Supla
"Sua aparência extravagante, suas piadinhas bisonhas e seu apego descompromissado ao rock’n roll o tornaram uma figura caricata."
Imagem
Fonte: Batanga / Whiplash.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog