segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Iron Maiden: grupo confirma turnê pelo Brasil em março do ano que vem

 


O Iron Maiden vem ao Brasil em março de 2016 para shows da The Book Of Souls World Tour. A novidade foi divulgada nesta terça-feira (25 de agosto), em comunicado no site ofical da banda.

Confira o comunicado na íntegra: “Podemos adiantar que a The Book Of Souls World Tour começará nos EUA, com três shows no final de fevereiro. O Ed Force One voará, no início de março, para a América Central, visitando o México, e a seguir um muito esperado show em El Salvador e a volta à Costa Rica. O Ed Force One vai depois para a América do Sul, para concertos na Argentina, Chile e alguns shows no Brasil”, publicou a banda. A nota ainda informa que “os detalhes exatos de datas e cidades estão sendo finalizados e os anúncios de datas específicas começarão em algumas semanas”.

A maioria dos deslocamentos da turnê será feito com o Ed Force One, avião da banda que terá o vocalista Bruce Dickinson como capitão e eventual piloto.

As informações completas do novo álbum de estúdio do Iron Maiden, The Book Of Souls, estão disponíveis aqui, incluindo o streaming do single Speed Of Light.

Fonte: Iron Maiden
 


O Iron Maiden vem ao Brasil em março de 2016 para shows da The Book Of Souls World Tour. A novidade foi divulgada nesta terça-feira (25 de agosto), em comunicado no site ofical da banda.

Confira o comunicado na íntegra: “Podemos adiantar que a The Book Of Souls World Tour começará nos EUA, com três shows no final de fevereiro. O Ed Force One voará, no início de março, para a América Central, visitando o México, e a seguir um muito esperado show em El Salvador e a volta à Costa Rica. O Ed Force One vai depois para a América do Sul, para concertos na Argentina, Chile e alguns shows no Brasil”, publicou a banda. A nota ainda informa que “os detalhes exatos de datas e cidades estão sendo finalizados e os anúncios de datas específicas começarão em algumas semanas”.

A maioria dos deslocamentos da turnê será feito com o Ed Force One, avião da banda que terá o vocalista Bruce Dickinson como capitão e eventual piloto.

As informações completas do novo álbum de estúdio do Iron Maiden, The Book Of Souls, estão disponíveis aqui, incluindo o streaming do single Speed Of Light.

Fonte: Iron Maiden

Bullet For My Valentine: Venom


Fazendo música interessante para quem se importa em prestar atenção.
 

A banda Bullet for My Valentine, ou como todos os seus fãs carinhosamente a chamam B4MV, lançou seu mais recente trabalho de estúdio, o disco “Venom”. O sucessor de “Temper Temper”, de 2013, é recheado de melodias rápidas e de partes marcantes no meio de suas canções.

Partes estas que fazem com que o grupo permaneça como um dos grandes nomes do Metalcore atualmente (um estilo que ganhou muita força e ascensão a partir dos anos 2000), apesar da banda ser relativamente nova, já que completou em 2015, dez anos de seu trabalho de estreia, o disco “Poison” de 2005.

Quem pensou que Matthew Tuck e sua trupe trariam uma inovação ou algo muito original, se enganou. Quem espera ouvir B4MV o ouvirá sem sombra de dúvidas, pois todas as canções trazem algo que caracteriza a banda e seu estilo e a maioria das composições foi de rearranjos ou de partes esquecidas ou não utilizadas em “Temper Temper”, fazendo o disco ter quase a mesma pegada.

O ponto positivo da obra é justamente a criatividade da banda, que utiliza de outros efeitos para construir uma narrativa baseada nos elementos que não são em si desenhados pelos seus instrumentos, mas que se aliam a estes para desenvolver uma linguagem que torna o disco totalmente diferente do anterior, mesmo com algumas ideias reaproveitadas.

O trabalho se inicia com “V”, que coloca o ouvinte em uma expectativa e uma ansiedade que somente a microfonia e os gritos caóticos e dissonantes de uma guitarra poderiam criar, fazendo da primeira faixa, na verdade, o inicio da segunda canção intitulada “No Way Out”.

“Army of Noise” e “Pariah” possuem um tom mais Thrash Metal em suas linhas de guitarra, enquanto “Worthless” já cai em um tom mais confortável para os que gostam dos vocais guturais de Matthew. O destaque maior do álbum vai para “You Want a Battle? (Here’s a War)” que utiliza uma narrativa baseada em um início em coro, forte e épico para culminar mais adiante em um refrão Pop, porém muito bem pensado, além de um acompanhamento em solo para o coro.


“Venom” é uma das faixas mais calmas, e utiliza um tremolo leve em sua melodia para dar uma falsa velocidade à música. “Skin” possui um solo memorável em seu início enquanto “Raising Hell” finaliza o disco de uma maneira dissonante e bem sinistra com guturais como voz de apoio.

O Bullet for My Valentine com certeza não é uma banda que sai flertando com todos os estilos musicais possíveis e isso é uma característica que os rapazes jamais devem perder. Mantendo-se fiéis a sua proposta e com a criatividade sempre na ativa, a banda aposta em outros artifícios para fazer uma música interessante para quem se importa em perceber os detalhes e prestar atenção. 

  

MUSICAS:

01. V
02. No Way Out
03. Army of Noise
04. Worthless
05. You Want a Battle (Here’s a War)
06. Broken
07. Venom
08. The Harder the Heart (The Harder it Breaks)
09. Skin
10. Hell or High Water
11. Pariah
12. Playing God
13. Run For Your Life
14. In Loving Memory - Demo Version
15. Raising Hell 


Fonte: Território da Musica

Legião Urbana retorna para turnê nacional com André Frateschi nos vocais

Banda também contará com o baixista do Planet Hemp, Formigão, e shows terão direção de Felipe Hirsch 

 Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá 
 
O Legião Urbana retornará aos palcos em outubro com o músico André Frateschi como vocalista. A informação foi dada pelo blog do escritor Marcelo Rubens Paiva, no site do Estado de S. Paulo, e apurada pela reportagem da Rolling Stone Brasil em conversas com fontes ligadas ao músico Frateschi.


A nova reunião da banda brasiliense contará com os integrantes originais Dado Villa-Lobos (na guitarra) e Marcelo Bonfá (na bateria). Além deles, completa o grupo o baixista do Planet Hemp, Formigão. O quarteto já ensaia no Rio de Janeiro para dar início a uma turnê nacional (com cerca de 25 datas, até novembro, por enquanto, passando por todo o Brasil), cujo show base será comandado pelo diretor de teatro Felipe Hirsch.


A volta da banda de Renato Russo só é possível agora porque Dado e Bonfá conseguiram – após longa briga judicial com o herdeiro do ex-vocalista, Giuliano Manfredini – os direitos de usar o nome Legião Urbana, além das músicas do grupo, em atividades profissionais. O anúncio oficial será ontem domingo 30, por meio de uma entrevista concedida pelo grupo ao jornalistico Fantástico, da Rede Globo.


A sentença, expedida em outubro do ano passado, determinou que Manfredini se abstenha de impedir que a dupla utilize a “marca” no exercício de atividades profissionais. A pena para um descumprimento é de R$ 50 mil. “Não nos parece aceitável impedir o uso e exploração de uma marca por quem a consolidou no mercado”, escreveu o juiz (Saiba mais aqui).


André Frateschi tem uma sólida carreira em trabalhos covers, especialmente de David Bowie e Amy Winehouse, além de diversos trabalhos com a mulher Miranda Kassin. No ano passado, ele lançou o primeiro disco autoral, chamado Maximalista. Frateschi também atua em novelas, séries e no teatro.


A última vez em que o Legião Urbana se reuniu foi em uma apresentação de tributo, em maio de 2012, com o ator Wagner Moura como vocalista. Na ocasião, eles não puderam utilizar o nome Legião Urbana para o show, organizado pela MTV, que aconteceu em São Paulo, no Espaço das Américas.

Abaixo a foto revelada pelo grupo e divulgada por Marcelo Rubens Paiva.

 


Fonte: Rolling Stone Brasil
 

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Alanis Morissette canta "You Oughta Know" com Taylor Swift durante show nos EUA

Taylor Swift

Apresentação aconteceu durante residência de norte-americana na cidade de Los Angeles 
 
 
Na noite da última segunda-feira, 24, Taylor Swift convidou Alanis Morissette para se juntar a ela no palco do Staples Center, em Los Angeles, nos Estados Unidos. A dupla fez um dueto para o hit “You Oughta Know”, lançado em 1995 por Alanis.


“A pessoa que vou trazer definiu a música de uma década. Ela definiu uma geração de compositoras. Elas nos ensinou que podemos ficar realmente bravas, se assim quisermos. É justo afirmar que muitas mulheres não escreveriam músicas se não fosse por ela”, afirmou Taylor antes da performance.


Além de Alanis Morissete, Taylor Swift recebeu recentemente em seus shows nomes como Natalie Maines, do grupo Dixie Chicks, e a apresentadora de TV Ellen DeGeneres.

Veja a parceria entre Alanis Morissette e Taylor Swift:

Foi anunciado recentemente que Jagged Little Pill, o terceiro álbum de estúdio de Alanis Morissette, será relançado em 2015. A gravadora Rhino Records afirmou que o registro chegará às lojas em 30 de outubro por meio de uma edição de colecionador.


Contendo quatro discos, o box trará uma versão remasterizada de Jagged Little Pill, um CD com gravações demo inéditas, o áudio de um show realizado por Alanis em Londres no ano de 1995, além de uma cópia da gravação de Jagged Little Pill Acoustic, de 2005. A edição também contará com fotos inéditas e um ensaio escrito por ela falando sobre o trabalho.


“Estou bastante animada para compartilhar minha música com uma nova geração de fãs, assim como as pessoas que cresceram comigo ao longo destas últimas duas décadas”, afirmou a artista em comunicado. “Felizmente, essas canções passaram pelo teste do tempo, elas são atemporais. Estou lisonjeada por honrar e refletir sobre elas, bem como os últimos 20 anos da minha vida e carreira”.

Demos
1 – “The Bottom Line”
2 – “Superstar Wonderful Weirdos”
3 – “Closer Than You Might Believe”
4 – “No Avalon”
5 – “Comfort”
6 – “Gorgeous”
7 – “King Of Intimidation”
8 – “Death Of Cinderella”
9 – “London”
10 – “These Are The Thoughts”




Fonte: Rolling Stone Brasil
 

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

David Gilmour: shows no Brasil confirmados para dezembro

Imagem


Pelo menos é o que afirma o jornalista Roger Lerina, dizendo que Gilmour se apresentará na Arena do Grêmio no dia 16 de dezembro. E ele vai ainda mais longe, afirmando que o músico britânico tem ainda outras duas datas 'confirmadas' no Brasil: dia 12 de dezembro, em São Paulo, na Arena Allianz Parque, e no dia 14 em Curitiba, na Pedreira Paulo Leminski).


Confirmado: DAVID GILMOUR vai se apresentar mesmo em Porto Alegre. O show do ex-guitarrista da banda inglesa Pink Floyd está marcado para o dia 16 de dezembro, na Arena do Grêmio. As informações são do Blogger Lerina.

O músico já tem confirmadas ainda outras duas datas no Brasil: dia 12 de dezembro, em São Paulo (na Arena Allianz Parque), e dia 14, em Curitiba (na Pedreira Paulo Leminski).
 
 

Com informações do Whiplas Net

Guns N' Roses: Empresário argentino afirma que Axl & Slash voltam em 2016

 Imagem

O empresário argentino JOSÉ PALAZZO, que produziu os shows da mais recente versão do GUNS N’ ROSES na cidade de Córdoba em 2011 assim como os de SLASH com sua banda MYLES KENNEDY & THE CONSPIRATOS na mesma região em 2012, afirmou em sua conta no Twitter que o vocalista W. AXL ROSE e seu antigo guitarrista se reunirão em 2016.


Claro, tal declaração não tem NADA de oficial e deve ser digerida com toda a cautela do mundo, especialmente no calor dos últimos acontecimentos [Slash admitindo – mas não dizendo – que está em bons termos com Rose novamente, dois empregados da última formação fora da banda, etc].

Quando outro usuário do Twitter o perguntou se ele estava emitindo uma impressão ou uma afirmação, Palazzo foi categórico: ‘Afirmo. ’
Imagem


 

 Fonte: Whiplash.Net

Amorphis: grupo lança videoclipe do novo single “Sacrifice”

Os finlandeses do Amorphis lançarão seu novo álbum, Under The Red Cloud, no dia 4 de setembro via Nuclear Blast Records. O trabalho foi produzido por Jens Bogren e a arte da capa foi feita por Valnoir Mortasonge.

O guitarrista do grupo Esa Holopainen comentou sobre o lançamento: “Tudo que posso dizer é que Under The Red Cloud estará entre os meus três álbuns favoritos do Amorphis.” No último sabado 22 foi lançado o clipe Sacrifice. 

Musicas:

01. Under The Red Cloud
02. The Four Wise Ones
03. Bad Blood
04. The Skull
05. Death Of A King
06. Sacrifice
07. Dark Path
08. Enemy At The Gates
09. Tree Of Ages
10. White Night
11. Come The Spring *
12. Winter’s Sleep *

* faixas bônus dos formatos digipack e 2LP

Confira abaixo o videoclipe de Sacrifice:





 Fonte: Nuclear Blast Records

Música do novo álbum do Iron Maiden homenageia ator

“Tears Of Clown” fala sobre Robin Williams, morto no ano passado

ironmaiden2015 

Uma da músicas do novo álbum do Iron Maiden, “The Book Of Souls”, é uma homenagem ao ator Robin Williams, morto há cerca de um ano. A informação vem do vocalista Bruce Dickinson, em reposta a um entrevista concedida a um jornal italiano.

“Minha música favorita é uma que eu não compus. É ‘Tears Of Clown’, que fala sobre Robin Williams”, disse Dickinson. “Eu me pergunto como ele poderia estar tão deprimido quando sempre parecia tão feliz”. O ator se suicidou após um longo processo de tratamento.

“Tears Of Clown” é uma composição assinada pelo guitarrista Adrian Smith e pelo baixista Steve Harris. Outra música desse novo álbum, “Speed Of Light”, já foi oficialmente lançada, através de um videoclipe.

“The Book Of Souls” será lançado no dia 4 de setembro, em todo o mundo. É o 16o disco do Maiden, gravado em Paris e produzido mais uma vez por Kevin “Caveman” Shirley, no final do ano passado. O lançamento foi adiado por conta dos problemas de saúde do vocalista Bruce Dickinson, que se recuperou do tratamento de um câncer.

O CD é duplo, supera 92 minutos e vem com 11 faixas, incluindo três com mais de 10 minutos de duração. Duas das músicas são assinadas por Dickinson, o que não acontecia desde “Powerslave”, que saiu em 1984; veja a lista completa das faixas no final do texto.

A capa, essa aí abaixo, é de Mark Wilkinson. “The Book Of Souls” sucede “The Final Frontier”, de 2010, e a formação atual inclui também Dave Murray e Janick Gears (guitarras) e Nicko McBrain (bateria). Veja abaixo a lista das músicas que estão em “The Book Of Souls”: 

CD1
1- If Eternity Should Fail
2- Speed Of Light
3- The Great Unknown
4- The Red And The Black
5- When The River Runs Deep
6- The Book Of Souls

CD2
7- Death Or Glory
8- Shadows Of The Valley
9- Tears Of A Clown
10- The Man Of Sorrows
11- Empire Of The Clouds

ironmaidenthebook  
 Iron Maiden - Speed Of Light



Fonte: Rock em Geral

SHAPES PARA SKATE EM PROMOÇÃO NA ANTRO

APROVEITE ESTA SEMANA PARA RENOVAR SEU VELHO SKATE. NA ANTRO ALÉM DE SKATE COMPLETO E NOVINHO VOCÊ AINDA ENCONTRA TUDO; DESDE RODAS, ROLAMENTOS, EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA E TUDO MAIS PARA SEU SKATE!
 















ANTRO DO ROCK TAMBÉM É A LOJA DO SKATE EM TERESINA.

RUA BARROSO - 505 / CENTRO-NORTE
FONE (86) 3222 8073

sábado, 22 de agosto de 2015

Emicida: Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa...

 
Com disco plural e contundente, Emicida continua o mesmo.

Leandro Roque de Oliveira, mais conhecido por muitos como Emicida, lançou nesta primeira semana de agosto seu tão aguardado segundo álbum de estúdio, intitulado “Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa...”, com 14 faixas inéditas.

Seu último disco de estúdio, a obra “O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui”, já havia ganhado notoriedade e trazia uma série de elementos linguísticos além de uma mescla musical digna de menção como te contamos aqui.

Pois bem, quem esperava ver algo da mesma qualidade do primeiro disco do cantor, fique tranquilo porque Emicida continua o mesmo nesta obra que se inicia com “Mãe”, uma composição que envolve além de um instrumental bem produzido, um discurso eloquente e poético de Dona Jacira que é mãe do rapper e estava presente também na música “Crisântemo”, lançada ano passado.

“Mãe” também possui a participação e acompanhamento de Anna Trea que vocaliza de forma muito bem vinda a música, fazendo desta um dos destaques do disco ao lado de “Passarinhos”, que conta com Vanessa da Mata para suavizar o Reggae com Pop. “Baiana” tem presença de Caetano Veloso e mostra um ritmo de MPB mesclado com Rap e Pop, finalizando com uma batucada.

Em “8” a sonorização de natureza, imposta logo nos primeiros trinta segundos da canção, dá uma ambientação e uma suavidade que colidem diretamente com o Rap agressivo que vem em seguida, causando uma sensação de alerta e captando a atenção direta do público.

O ponto alto do álbum de Emicida em questões técnicas, vale pela ambientação e a linguagem utilizada nas canções, como em “Casa”, com os batuques e o acompanhamento das crianças que deixam a música com uma classificação quase folclórica. “Amoras” traz ao fundo o doce som de um metalofone, fazendo do acompanhamento quase uma brincadeira, que se encaixa perfeitamente com o poema feito por Emicida.

O discurso do rapper permanece o mesmo, contundente e direto ao trazer a atenção e o olhar às pessoas que são retratadas em suas canções - que continuam contendo erros de nossa língua falada. O disco é excelente em questões de diversidade e instrumentação, bom para os que querem alternar entre composições duras e suaves. 
 
  
MUSICAS:
01. Mãe
02. 8
03. Casa
04. Amoras
05. Mufete
06. Baiana
07. Passarinhos
08. Sodade
09. Chapa
10. Boa Esperança
11. Trabalhadores do Brasil
12. Mandume
13. Madagascar
14. Salve Black - Estilo Livre 


Fonte: Território da Musica
 

Amon Amarth: trabalhando no sucessor de “Deceiver Of The Gods”

 

Os suecos do Amon Amarth divulgaram em suas redes sociais que estão investindo uma semana em uma “cabana na floresta” escrevendo e ensaiando material para seu próximo álbum, que será lançado no início de 2016 via Metal Blade Records.

O grupo ainda não anunciou o substituto do baterista Fredrik Andersson, que deixou o Amon Amarth em março deste ano após 17 anos.

O ultimo trabalho de estúdio da banda, intitulado Deceiver Of The Gods, foi lançado no Brasil via ROCK BRIGADE Records, e está disponível para compra aqui. Recentemente, a gravadora relançou o álbum Fate Of Norns, que está disponível aqui.




Fonte: ROCK BRIGADE

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Ouça trecho de música inédita do A-ha

 

O perfil oficial do A-ha no Facebook divulgou o trecho de uma nova canção da banda, que fará parte do próximo álbum dos noruegueses, batizado de “Cast In Steel”.

A música leva o nome de “The Wake”, uma baladinha acompanhada de sintetizadores que faz lembrar a sonoridade que consagrou o A-ha nos anos 80.

Além disso, o vocal de Morten Harket mostra-se inconfundível nesse recorte do décimo disco de carreira do grupo, que será lançado em 04 de setembro.

O A-ha é uma das grandes atrações do Rock in Rio, no dia 27 de setembro. No dia 14 de outubro a banda toca no Espaço das Américas, com promoção da 89 A Rádio Rock. Fique ligado em nossas redes para descolar ingressos! 



Fonte: Rádio Rock

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Raimundos lança lyric video de “Vida Inteira”, tema de abertura de “Malhação”

 
Tema da abertura da nova temporada da novela adolescente “Malhação”, “Vida Inteira” ganhou um vídeo com letra (o “lyric-video”).
A novidade foi compartilhada pelo Raimundos nas redes sociais. “vida Inteira” é uma adaptação de “Meu Lugar”, samba de Arlindo Cruz e Mauro Diniz.
Confira abaixo:



Fonte: Rock Line

SEJA UM CLIENTE ANTRO DO ROCK

SENDO CLIENTE ANTRO VOCÊ TEM INÚMERAS VANTAGENS COMO: DESCONTOS ESPECIAIS, USA SEU CARTÃO DE CREDITO OU DEBITO, CONHECE NOVAS PESSOAS, FAZ TATUAGENS, COLOCA UM PIERCING E ENCONTRA ROUPAS E ACESSÓRIOS QUE SÓ A ANTRO TEM!



















ESTA É A SUA LOJA!
ANTRO DO ROCK
RUA BARROSO 505 - CENTRO/NORTE
FONE (86) 3222  8073
TERESINA - PIAUÍ

Arquivo do blog