sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Linkin Park: um exemplo mostra que é a banda mais foda do mundo

O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:
Imagem




A Forbes, revista de negócios e economia norte-americana, uma das mais respeitadas do mundo, fez uma matéria sobre como, através da responsabilidade social, a banda Linkin Park consegue melhorar o mundo. Confira trechos do texto de Ruth Blatt. Abaixo, o link da matéria na íntegra, em inglês.

Se você ainda é jovem e acha que é cedo para ir em um concerto do Linkin Park, uma recente publicação (da Kerrang!) declarou que eles são "A maior banda de rock do planeta", e você terá muitas oportunidades de ir e de tornar o mundo um lugar melhor. Você pode se juntar ao pessoal do "Love Hope Strength" para descobrir se é um doador compatível de medula óssea e salvar a vida de alguém, como vários fãs do Linkin Park tem feito (conheça o trabalho da fundação em www.lovehopestrength.org). Você vai aprender como você pode ajudar o meio ambiente através da Reverb, uma organização sem fins lucrativos que trabalha com o Linkin Park para minimizar o impacto ambiental causado por gases nocivos (reverb.org). Ou você pode visitar os veteranos de guerra da América do Iraque e do Afeganistão, onde você vai conhecer Quan Nguyen, que vai contar um pouco sobre seu projeto de combate ao suicídio de veteranos de guerra (iava.org/about). A instituição inclusive lançou em seu canal um vídeo com imagens tendo a faixa "Wastelands", do álbum "The Hunting Party", como trilha sonora. Confira.


  


 



Mais do que a consciência, a banda vê o "Music for Relief" como uma infra-estrutura para envolver pessoas que querem usar um pouco do que tem e que sabe fazer para fornecer ajuda. Para isso, eles organizam plantio de árvores, em conjunto com seus fãs e colaboradores.

Através de tais atividades, o Linkin Park é capaz de permear sua organização com uma cultura de cuidar, de se importar. De acordo com um recente estudo feito por professores da "Business School EESEC", uma ação social corporativa é eficaz quando é baseada em uma criação de organização de pessoas que estão sendo encorajados a ajudar e a cuidar um do outro, e é isso que a banda faz, encoraja os seus fãs a ajudar.


Na África do sul, em 2012, vinte membros da equipe do Linkin Park plantaram árvores em uma escola primária. "Foi o melhor dia", disse Missy Allgood. "Eles foram tão doces. Estas crianças pequenas viram como os pequenos gestos podem ser grandes e belos. Eles estavam cantando, e cada pessoa da escola tinha lágrimas nos olhos."

O Linkin Park sempre renova sua energia filantrópica. Eles visitam escolas, hospitais e também campos de refugiados. Através dessas práticas, o Linkin Park tem sido capaz de fazer crescer suas atividades de ajuda, mas eles querem fazer ainda mais – "O maior desafio é chegar a descobrir formas de envolver outros artistas do mundo todo", disse Dave. "É ótimo ter artistas apaixonados pelas pessoas e pelo mundo como o Linkin Park, é muito legal colaborar com o mundo. Temos que unir nossas forças e fazer barulho".


Fonte:  Whiplash.Net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog